terça-feira, 27 de abril de 2010

Gotthard


Apesar de fazerem sucesso na Europa e estarem na estrada há 20 anos, a veterena banda de Hard Rock, Gotthard, não tem fama e não são reconhecidos aqui no Brasil.

Nunca ouviu falar neles né? Então aperta o play, aumenta o volume e vai ouvindo o som antes de continuar lendo o post...



Provinientes da cidade de Lugano, na Suíça, o grupo começou a tomar forma em 1989 quando o vocalista Steve Lee e o guitarrista Leo Leoni , que tocavam na banda Forsale, deram início a um novo grupo chamado Krak. Após a entrada do baixista, Marc Lynn e do baterista, Hena Habegger, a banda se estabilizou, e começou a trabalhar seu som , muito influenciado por Deep Purple e Whitesnake, com o objetivo de conquistar o mercado europeu.

Depois de muita ralação, a banda chegou a gravar um album que jamais viu a luz do dia. Nessa época o nome "Krak" já estava desagradando os integrantes pela semelhança com o nome da lendária banda "Krokus", também suíça. Aí o guitarrista Leo Leoni veio com a sugestão de "Gotthard", referência a uma grande e rochosa montanha suíça.

A escalada para o sucesso começou no início de 1992 quando lançaram o single "Firedance" e na sequência, o primeiro álbum homônimo, que trazia o Santo Sudário na capa e acabou se acomodando durante quinze semanas no topo das paradas suíças. Apostando no bom e velho hard rock, o album fazia sucesso e os videos das músicas "Hush" (cover do Deep Purple) e "All I Care For" rolavam direto na MTV e em outros canais de TV da suíça.

A banda começou a chamar atenção no mercado externo e conquistou a chance de tocar em vários festivais pela Europa. No ano seguinte, veio uma indicação ao World Music Awards e acabaram vencedores de dois prêmios suíços, o Rete 3 Award e o Golden Reel.
De 1994 pra cá os caras mantiveram o sucesso da banda pela Europa, fortalecendo ainda mais o nome do grupo e já lançaram 8 albuns de estúdio, 1 acústico, 1 Best of duplo, 1 best of ballads e 1 CD e DVD ao vivo.





O Gotthard estava descontente com a gravadora BMG por não ter seus álbuns lançados mundialmente e em 2006 a Nuclear Blast assumiu os trabalhos, lançando a versão nacional do CD Lipservice e do CD e DVD ao vivo Made In Switzerland. Em 2007 e 2009 sairam as versões brasileiras dos álbuns Domino Effect e Need to Believe, respectivamente.

O Gotthard já fez shows no Brasil, inclusive um aqui no Rio, no circo voador, em outubro de 2006, abrindo para o After Forever. Quem foi e não conhecia , curtiu muito. Infelizmente eu ainda não conhecia a banda e não pude conferir. Resta aguardar por uma nova oportunidade.

Quem se interessar em conhecer a banda, eu recomendo sem rodeios escutar todos os CDs, exceto o album "Domino Effect". Todos os outros são ótimos. Mas podem começar pelo "Lipservice, o Best Of "One Team One Spirit " e o ao vivo "Made In Switzerland", que já são um bom começo.



Discografia:
* 1992: Gotthard
* 1994: Dial Hard
* 1996: G.
* 1997: D'Frosted (Acústico)
* 1999: Open
* 2001: Homerun
* 2002: One Life One Soul (Best of Ballads)
* 2003: Human Zoo
* 2004: One Team One Spirit (Best of Duplo)
* 2005: Lipservice
* 2006: Made In Switzerland (Ao Vivo)
* 2007: Domino Effect
* 2009: Need To Believe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar do RODZ ONLINE. Não deixe de seguir. Sua visita e comentários mantem o blog vivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...