segunda-feira, 19 de julho de 2010

Big Four - Sonisphere Sofia, Bulgaria


Conforme prometido, seguem minhas considerações sobre a transmissão dos shows da 'The Big Four Tour' que rolaram no dia 22 de Junho, na cidade de Sofia, Bulgária. Depois de muitos boatos, o sonho se tornou realidade e a reunião desses 4 monstros do thrash no mesmo palco é um marco na história do heavy metal.

Graças à tecnologia moderna, com apenas 2 horas de diferença (na Europa), milhões de fanáticos ao redor do mundo puderam assistir nos cinemas a transmissão via satélite do festival Sonisphere que reuniu as quatro bandas.

É verdade, a transmissão não mostrou os shows na íntegra e algumas músicas acabaram cortadas mas nada que tenha atrapalhado a apreciação do evento. Porém, sem mais enrolação, vamos falar sobre os shows em si...



ANTHRAX

Primeira atração do dia, o Anthrax iniciou a noite inesquecível com muita disposição e com o clássico "Caught in a Mosh", emendada por "Got the Time". Após as idas e vindas do vocalista John Bush, o lendário Joey Belladona, está de volta ao vocal dos nova-iorquinos depois de 13 anos e pelo que demonstrou no palco, não perdeu a velha forma. O Anthrax acabou me surpreendendo pela energia e acabou fazendo um ótimo show, acertando na escolha do set. Diria até que em termos de energia, o Anthrax foi quem melhor traduziu o sentimento na performance de palco. Vale mencionar que o Anthrax fez uma homenagem ao falecido cantor Ronnie James Dio, tocando um trecho de "Heaven and Hell" do Black Sabbath, que aliás, foi cantada em uníssono pelo público.



Caught in a Mosh
Got the Time
Madhouse
Be All, End All *
Antisocial
Indians/Heaven and Hell
Medusa *
Only *
Metal Thrashing Mad
I Am The Law

* Cortada da transmissão via satélite

Anthrax -Indians/Heaven & Hell




MEGADETH

Segunda banda a se apresentar, o Megadeth, liderado pelo polêmico e genial Dave Mustaine, entrou de sola com os clássicos "Holy Wars" e "Hangar 18" , no entanto, possivelmente pelo tempo mais curto disponível para sua apresentação, o show não foi calcado na tour de celebração de 20 anos do aclamado álbum “Rust in Peace”. O Megadeth usou seu set para enlouquecer os fãs com 12 clássicos, sendo que as músicas "A Tout Le Monde" e "Trust" ficaram de fora da transmissão. Desnecessário falar da competência de todos os músicos e da execução magistral das músicas. No fim do show, depois de executar "Peace Sells" e "Holy wars Reprise", Mustaine bastante emocionado explicou o quanto aquela reunião significava pra ele e agradeceu às milhares de pessoas que acompanhavam o festival pelo mundo, assim como o público presente na Bulgária. Como fã da banda, eu tenho que resaltar que o show foi impecável.



Holy Wars... the Punishment Due
Hangar 18
Wake Up Dead
Headcrusher
In My Darkest Hour
Skin O' My Teeth
A Tout Le Monde *
Hook In Mouth
Trust *
Sweating Bullets
Symphony Of Destruction
Peace Sells/Holy Wars reprise

* Cortada da transmissão via satélite

Megadeth - Skin O' My Teeth



SLAYER

Chega a vez do Slayer que inicia seu show com a nova "World Painted Blood", faixa título do mais novo CD de estúdio da banda. Os clássicos vão se sucedendo: "War Ensemble", "Seasons in the Abyss", "Angel of Death". Tom Araya evitava os movimentos bruscos por conta de sua recente cirurgia nas costas mas em compensação, Kerry King e Dave Lombardo não se continham no 'headbanging'. Apesar da linha de frente do Slayer estar alguns quilos acima do peso, musicalmente a banda está em sua melhor forma. O hino "Raining Blood", foi a última música do set e não deixou dúvidas no 'estrago' que o Slayer costuma causar em suas apresentações. Não rolou muita interação da banda com o público, Tom Araya falou pouco, mas nem por isso o show deixou de ser animal.



World Painted Blood
Jihad
War Ensemble
Hate Worldwide *
Seasons in the Abyss
Angel of Death
Beauty Through Order *
Disciple
Mandatory Suicide
Chemical Warfare *
South of Heaven
Raining Blood

* Cortada da transmissão via satélite

Slayer - War Ensemble



DIO

Antes do show do Metallica foi exibida uma entrevista, primeiro com Kerry King sozinho e depois com Scott Ian, Lars Ulrich e Mustaine lado a lado, falando a respeito do magistral Ronnie James Dio. Todos rasgaram elogios e lamentaram a morte de Dio, vítima de um câncer, no dia 16 de maio de 2010.



METALLICA

"Creeping Death" abre o show do Metallica e na seqüência, mais uma do segundo album, "For whom the Bell Tolls". Quem já conhece e curte o Metallica, sabe que os caras são uma das maiores banda de metal de todos os tempos e que cada show é um espetáculo único. É simplesmente clássico seguido de clássico, "Fade to Black", "One", "Master Of Puppets", "Nothing Else Matters", "Enter Sandman". O público não tem descanso.

Depois de 15 porradas (9 na transmissão), chega a hora do momento mágico!!! Na volta para o bis, James chama ao palco os membros das outras bandas para tocarem "Am I Evil", do Diamond Head. A confraternização generalizada no palco, chega ao seu ápice quando as mágoas, vaidades e rivalidades são postas de lado e Dave Mustaine se abraça com os demais membros do Metallica. A música em si não é lá grandes coisas, mas ver os caras todos juntos no palco é realmente emocionante. Cada vocalista canta uma estrofe e todos tocam extasiados seus instrumentos. No fim da música, mais confraternização.

Pra fechar com chave de ouro, "Hit The Lights" e "Seek and Destroy", relembrando o clássico "Kill'em All". O sentimento que fica após essa epopéia do metal é de satisfação e que um novo capítulo na história do metal foi escrito em 22 de Junho de 2010.



Creeping Death
For Whom The Bell Tolls
Fuel *
Harvester Of Sorrow
Fade To Black
That Was Just Your Life *
Cyanide
Sad But True *
Welcome Home (Sanitarium) *
All Nightmare Long *
One
Master Of Puppets
Blackened *
Nothing Else Matters
Enter Sandman
- - - - - - - -
Am I Evil? (com o Big Four)
Hit The Lights
Seek and Destroy

* Cortada da transmissão via satélite


Metallica - Seek and Destroy


Big Four - Am I Evil?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar do RODZ ONLINE. Não deixe de seguir. Sua visita e comentários mantem o blog vivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...