sábado, 2 de outubro de 2010

O Rock, O Ocultismo e o Satanismo - Parte 1


Desde que me entendo por gente que percebo que o rock sempre foi associado a rebeldia, a violência e ao ocultismo, ainda que por vezes não diretamente a adoração ao capiroto, o chamado satanismo.

É bem verdade que existem algumas bandas que abordam esses temas com frequência, propositalmente ou não e aumentam ainda mais essa polêmica. Nas duas últimas décadas muitos rockstars adotaram abertamente uma atitude ou ao menos uma aparência considerada demoníaca, casos de bandas como Kiss, WASP, Ozzy Osbourne, Alice Cooper, etc enquanto outras bandas partiram para o lado do ocultismo, caso dos Rolling Stones, Iron Maiden, Black Sabbath, AC/DC, etc. Mas meu objetivo ao escrever essas linhas não é de maneira alguma denegrir a imagem dessas bandas ou mesmo do estilo, e sim, tentar interpretar de maneira mais clara e objetiva essa associação, derrubando alguns mitos que parecem negativos, apenas como mais uma das facetas curiosas do rock.



Tomemos de exemplo inicial a frequente associação entre Rock e Satanismo propriamente dito, já que volta e meia, grupos principalmente de evangélicos, ligam o rock e adoração ao demônio. É preciso ter na cabeça que o rock de uma maneira geral, sempre foi um estilo que pregou a rebeldia contra o sistema e isso inclui a religião.

É preciso não confundir a idéia. Não é uma rebeldia sem causa e sim uma forma de se voltar contra as coisas que estão erradas, como a corrupção na política e a pobreza global enquanto muitos se aproveitam disso e nadam em dinheiro. Esses temas "proibidos" são apenas mais uma maneira de chocar a sociedade conservadora. A religião nesse contexto acaba sendo facilmente confundida com uma religião anti-cristã. O rock prega o hedonismo que também é frequentemente associado a satanismo. No entanto, apesar de ser um dos princípios da maior parte das seitas satanistas e contrário à pregação das igrejas cristãs, na verdade o hedonismo significa usufruir ao máximo dos prazeres carnais e terrenos (drogas, sexo, bebidas). Daí a associação ao demônio, uma vez que alguns religiosos afirmam que os prazeres da carne são coisas do capiroto.




As pessoas se esquecem que existe uma coisa chamada "Arte" e que a música faz parte dela. Quer vc goste da música ou não. O satanismo pode ser considerado apenas como uma expressão artística, como um livro fictício ou um filme de terror. Aliás, existe também o interesse dos artistas pelo oculto, o que não implica obrigatoriamente em satanismo, uma vez que o ocultismo pode ser visto apenas como um interesse pelo tema e não por envolver credos religiosos.

Outra coisa que é bom esclarecer antes de continuarmos... com certeza você, leitor, conhece o famoso e possivelmente mais popular símbolo do rock, o "chifrinho" feito com a as mãos, que muitos insistem ser um símbolo de adoração ao coisa ruim. Pois é, a origem do macabro "chifrinho" no Rock se deve ao Mestre Ronnie James Dio. Sua avó italiana costumava usá-lo para afastar o mau-olhado (que é conhecido como "malocchio" ou "moloch", termo que Dio usava para o gesto).

Dio começou a usar o gesto após entrar para o Black Sabbath (em 1979). O vocalista anterior, Ozzy Osbourne, era bastante conhecido por usar o sinal de “paz” nos shows, levantando o dedo indicador e o médio em forma de “V”. Dio, tentando se identificar com os fãs, também quis usar um gesto de mão. Entretanto, como não queria copiar Osbourne, ele escolheu usar o sinal que sua avó sempre fazia. Dio repetia tanto o gesto durante os shows que os fãs adquiriram o costume. No entanto, o gesto não ficou restrito aos fãs do Black Sabbath e acabou incorporado ao estilo, tendo alterado seu significado para algo do tipo "O Rock nunca vai morrer", "Rock 'n Roll pra sempre" ou simplesmente "Rock 'n Roll / Heavy Metal".

Por hoje é só. Depois eu volto com a parte 2. Pra finalizar, deixo vcs com o resumo do pensamento do "satanista" inglês Aleister Crowley: "Faz o que tu queres, há de ser tudo da lei".

abraço fraterno

Rodz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar do RODZ ONLINE. Não deixe de seguir. Sua visita e comentários mantem o blog vivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...