segunda-feira, 4 de outubro de 2010

O Rock, O Ocultismo e o Satanismo - Parte 2

Retornando com a parte 2 do nosso post anterior, sei que não tem como relacionar todas mas vamos relembrar agora algumas bandas de sucesso que são acusadas de ligação com o capiroto. Bandas de Death e Black Metal, obviamente não contam na nossa listinha.


Black Sabbath - Pelo que me lembro foi a primeira banda a explorar a temática do oculto e do satânico. O próprio nome "Black Sabbath" (Sabá Negro) é uma referência aos encontros de bruxas e feiticeiras em algumas religiões e foi inspirado em um filme de terror homônimo.

As artes gráficas de muitos de seus albuns são adornadas com crucifixos e demônios. O mais engraçado é que os integrantes do Sabbath, de satânicos não tem nada. A banda partiu para esse lado do oculto e satânico somente para atrair a atenção do público e conseguir fazer sucesso mas depois de uma década já não aguentavam mais o tema.

"Quando fizemos a primeira turnê pelos Estados Unidos, havia o medo de que aquela coisa de magia negra atrapalhasse. Lá, as capas dos discos só teriam a foto do grupo, nada de bruxarias e cruzes invertidas. Nossa música parece ser mais maligna que a de outras bandas. Mas essa coisa de magia negra está saindo do controle. Estamos meio interessados nisso, e o pessoal nos dá crucifixos, mas é só". - Geezer Buttler, Black Sabbath, 1970



AC/DC - Não contentes em lançar um album intitulado de "Highway To Hell" (Auto Estrada para o Inferno) , sua arte trazia o guitarrista Angus Young fantasiado de capeta, com direito a chifrinhos e rabinho, e o vocalista Bon Scott usando um cordão com um pentagrama, o que ajudou a fomentar a fama de satanista da banda. No entanto, em relação a Bon Scott, vale lembrar que o pentagrama não está invertido, esse sim um verdadeiro símbolo do satanismo.

O status da banda entre os religiosos piorou quando o assassino psicopata conhecido como "Night Stalker" (Rastejador Noturno) afirmou matar influenciado pelas letras do AC/DC. E pra fechar com chave de ouro, Angus Young em entrevista à Revista Hit parader solta a seguinte pérola: "Eu sou apenas um instrumento. Quando subo ao palco alguma coisa me possui e me faz agir."


Ozzy Osbourne - Ex-vocalista do Black Sabbath, quando lançou-se em carreira solo, Ozzy investiu no visual demoníaco e fez sucesso com a música "Mr Crowley" (inspirada no ocultista inglês, Aleister Crowley) mesmo não abordando profundamente a temática satanista em suas letras. É conhecido como "O Príncipe das Trevas". Em outubro de 1984 Ozzy arrumou uma baita sarna pra se coçar quando uma das músicas mais polêmicas da história do rock, "Suicide Solution", foi acusada de incitar o suicídio do jovem, John McCollum, de 19 anos, que se matou com um tiro na cabeça enquanto ouvia "Suicide Solution". McCollum estava com os headphones quando encontraram seu corpo, aumentando ainda mais a fama de mau de Ozzy.

O Institute for Bio-Acoustics Research foi contratado por grupos evangélicos para avaliar a música de Ozzy e o relatório final constatou mensagens subliminares escondidas e que podiam ser ouvidas em rotação alterada: "Porque não tentar? Pegue uma arma e atire! Atire!". A curiosidade desse caso é que a música Suicide Solution não trata sobre suicídio como quase todos pensam (inclusive os fãs de Ozzy). A letra fala de alcoolismo e foi escrita por Ozzy depois da morte do vocalista do AC/DC, Bon Scott, que morreu justamente de coma alcóolico. A palavra "solution" na verdade se refere a "solução" no sentido de "mistura".




Led Zeppelin - Definitivamente o LZ é uma das bandas mais acusadas de fazerem uso dos temas satânicos escondidos em mensagens subliminares com gravações invertidas. Aumentando a fama da banda, temos o reforço do guitarrista Jimmy Page, profundo estudioso do bruxo inglês Aleister Crowley. A fascinação por Crowley era tanta que Page adquiriu, além de milhares de objetos pessoais, livros e manuscrito, a mansão de Crowley, chamada Boleskine, localizada às margens do Lago Ness. Reza a lenda que Crowley praticava rituais satânicos na casa. O certo é que depois que Jimmy Page comprou a mansão, um caseiro se suicidou inexplicavelmente e um outro enlouqueceu.

Jimmy Page tinha uma devoção tão grande pelo oculto que chegou a possuir a maior loja de livros de ocultismo da Europa, chamada The Equinox. A estúpida morte do baterista do Led, John Bonhan, associados aos corriqueiros acidentes envolvendo os demais membros da banda são até hoje considerados por muitos como provas definitivas do pacto entre a banda e o capiroto. Na edição original em vinil do terceiro álbum do Led Zeppelin, constava a inscrição "Do what thou wilt" (Faze o que quiseres), um dos ensinamentos de Aleister Crowley.



Kiss - Mesmo explorando temas do cotidiano e relações amorosas em suas letras e passar longe dos temas satânicos, o visual da banda e principalmente as performances do baixista Gene Simmons garantiram ao Kiss o status de satanistas. O nome Kiss (beijo) já foi interpretado por muitos fanáticos religiosos como a sigla para "Kids In Satan's Service" (Crianças a Serviço de Satã) ou "Knights In Satan's Service" (Cavaleiros a Serviço de Satã).

Mas o mais ridículo de tudo são os boatos de que a banda fazia sacrifícios de animais em seus shows e que pisoteavam pintinhos com suas botas. Embora essas atroçidades nunca tenham sido presenciadas ou filmadas eu conheço uns idiotas que já me juraram de pé junto que viram isso tudo passar na globo quando a banda veio ao Brasil em 1983. Então tá né?


Iron Maiden - Em 1982 a banda lançou o clássico album "The Number of The Beast" (O número da besta) aumentando sua fama de satanistas embora raramente abordem o tema em suas letras. Eddie, o famoso mascote com visual maligno das capas dos discos é frequentemente associado a um demônio.

Em 1992 a banda foi proibida de tocar no Chile pq a Igreja Católica exigiu do governo providências contra a apresentação da banda alegando que a música "Bring Your Daughter To The Slaughter" incitava o assassinato e "The Number Of The Beast" incitava satanismo e assassinatos. Foram atendidos.




Robert Johnson - blueseiro dos anos 30, influenciou direta ou indiretamente todo o cenário rockeiro seguinte. Robert Johnson se auto promovia afirmando que sua musicalidade e seu sucesso eram provinientes de um pacto feito com o demônio. Abordou o tema em suas músicas exaustivamente.

O filme Crossroads (A Encruzilhada, com Ralph Machio, de Karate Kid) aborda de forma superficial a história de Robert Johnson, que passou dessa para uma melhor depois de ser envenenado por um marido traído.




Rolling Stones - A banda adora abordar o tema satanismo em suas letras. Prova disso é que escreveram uma música chamada "Sympathy For The Devil" (Simpatia pelo Demônio). Além disso, diversos albuns possuem referências a satanismo ou vudu, como "Goats Head Soup" (gravuras do encarte) "Voodo Lounge" e "Their Satanics Majesties Request" (Serviço de Sua Majestade Satânica).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar do RODZ ONLINE. Não deixe de seguir. Sua visita e comentários mantem o blog vivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...