quarta-feira, 2 de março de 2011

127 Horas

O longa 127 horas é baseado no livro “Between a Rock and a Hard Place” (escrito pelo próprio personagem protagonista, Aron Ralston) e narra as 127 horas de angustia e sofrimento vividas pelo alpinista de 28 anos de idade, Aron Ralston (James Franco), que em 2003, teve a infelicidade de estar caminhando sozinho no Bluejohn Canyon, em Utah, nos Estados Unidos, quando escorregou e caiu no fundo de uma fenda estreita, prendendo o braço direito entre as paredes do cânion e uma enorme pedra que se soltou quando ele caiu.



É bem verdade que a maioria dos espectadores do filme, provavelmente já conhecem a história de Aron, incluindo aí a maneira desagradável que ele usou pra escapar; mas a grande jogada de 127 Horas é na direção, que pra evitar os momentos previsíveis e a monotonia, usa de algum dinamismo pra mostrar a batalha de Aron, preso na fenda, munido de uma filmadora, sem comida e com pouquíssima água, enfrentando noites de frio e sem esperanças de ser resgatado, uma vez que ninguém sabia o paradeiro do cara.

Mesmo com o fator previsibilidade, o diretor Danny Boyle consegue criar uma certa tensão em nós, espectadores, através das "visões" de Aron, seja quando ele relembra de pessoas com quem compartilhou momentos marcantes ou das suas alucinações, reflexos da desidratação. Com isso, Boyle dá um chute na noção do tempo real que Aron enfrenta. Outro fator que segura o filme, é a atuação do excelente ator, James Franco, que transmite a exata confiança que exalava em Aron, abrindo margem para a imprudência como uma consequência natural do excesso de confiança. Destaque para a cena em que, já preso na fenda, Aron simula uma entrevista com sua filmadora.



O momento mais aguardado do filme, a fuga de Aron, certamente é o que tem embrulhado uma centena de estômagos pelo mundo. No geral, 127 Horas tem roteiro superficial e pode não agradar muitos por conta de algumas sequências bizarras mas é um filme bem dirigido e produzido, com uma excelente fotografia e uma atuação notável de James Franco.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar do RODZ ONLINE. Não deixe de seguir. Sua visita e comentários mantem o blog vivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...