quarta-feira, 9 de março de 2011

NBA 2K11


Eu era fã da NBA (National Basketball Association - A famosa liga de basquete americana) quando era adolescente e tive o privilégio de assistir aos jogos memoráveis do Michael Jordan no Chicago Bulls, encarando outras lendas do basquete como Larry Bird, Karl Malone, Shaquille O'Neal e Magic Jonhson.

Aliás, não foi só há 20 anos atrás que Michael Jordan empolgava. O cara continua sendo um dos maiores ídolos do basquete norte-americano. Prova disso é que a produtora 2K Sports fez um jogo inteiramente dedicado ao Jordan. "NBA 2K11", conta, além da liga atual, com times clássicos da NBA. Além dos elencos campeões do Chigago Bulls, tem o Lakers 92 com Magic Johnson, Portland 91 com Drexler, Utah 95 com Karl Malone, Boston 85 com Larry Bird e por aí vai.


Na primeira vez que se coloca o jogo pra rodar, é muito estranho, pq ele entra direto em uma partida do modo principal, o Jordan Challenge, em que o jogador tem que cumprir os dez jogos mais importantes da carreira do Jordan. Ele vai direto pro primeiro jogo, sem passar por menus de configuração, não exibe tutoriais pra entender os controles, nada!!! Já começa com o Michael Jordan no túnel da arena te perguntando: "Are You Ready?" e correndo pra dentro da quadra. Muito engraçado pq eu respondi: "Não!!!!!!" Vejam o video de introdução abaixo:




De cara, o nível de dificuldade encontrado pra conseguir vencer as partidas é grande. Os times adversários mal deixam o jogador passar da linha dos três pontos, que dirá dar uma enterradinha. Assim como eu pude comprovar, o maior prazer de se jogar "NBA2K11", só vem com o tempo, depois de se aprender as manhas e minúcias do jogo e sua infinidade de movimentos. É claro que quem já está acostumado com a série, que já conhece os controles e sabe como se colocar na quadra, não deve passar por tantos perrengues.

As partidas de "NBA 2K11" podem enganar quem olhar de relance pra televisão. A jogabilidade e os movimentos são tão realistas e os gráficos são tão perfeitos que a impressão que dá é que está passando uma partida ao vivo. Aliás, grande parte das estrelas recebeu uma atenção especial da produtora, que fez questão de reproduzir as assinaturas (movimentos característicos) de cada jogador, passando pelo lance-livre até as enterradas. E é claro que Michael Jordan exibe seu repertório de enterradas, dribles, passes e até mesmo a língua pra fora, marca registrada do astro.

O jogo é tão sensacional que parece não faltar nenhum detalhe. Com um acabamento completo, os comentaristas falam sobre a situação na quadra durante momentos específicos da partida, narram o nome de praticamente todos os jogadores, dão as estatísticas durante cada partida e caso algum jogador esteja se destacando ou tendo atuação apagada, lá estão os comentários, e o que é melhor, dando nome aos bois.



NBA2K11 vem com uma série de modos de jogo, entre eles, o meu preferido, o excelente "The Association", que é na verdade uma mistura do controle do time em quadra que o jogador escolhe, até as decisões da diretoria, como as contratações de jogadores e comissão técnica, alterações de contratos e por aí vai. Dá pra fazer propostas de contrato para jogadores desempregados e propor trocas aos times adversários. O mais legal é que vc pode criar seu próprio time ou customizar a liga, acrescentando os jogadores clássicos aos elencos atuais. Ou seja, dá pra colocar Michael Jordan e Scott Pippen pra jogar no Bulls 2011 e levantar o caneco.

Existem ainda campeonatos de enterrada, cestas de três pontos e o famoso "mano-a-mano". Outro modo de jogo divertido são as partidas de quadra de rua, sem limite de tempo, onde pode-se formar duplas, trios, quartetos ou a formação tradicional com cinco de cada lado, escolhendo qualquer jogador, de qualquer time. O jogo só acaba quando se marca 21 pontos, sendo que cada cesta só vale 1 pt e as cestas da linha de três, valem nesse caso, 2 pts. Entendeu?

Como nada é inteiramente perfeito, o único furo de NBA2K11 é o excesso de propagandas em cada substituição ou replay das jogadas, o que acaba atrasando um pouco o jogo. O pior de tudo é que não existe uma forma de eliminar essas animações de substituição, e definitivamente, tem horas que isso acaba irritando, principalmente se vc estiver perdendo um jogo de campeonato. No geral, NBA2K11 mesmo não sendo perfeito, é sem dúvida alguma, uma das melhores experiências em se tratando de jogos de basquete e merece uma nota 9,5. Vai atender fácil aos fãs, tanto do basquete quanto do astro, Michael Jordan. NBA 2K11 está disponível nas plataformas: Xbox 360, PlayStation 3, Wii, PC, PS2 e PSP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar do RODZ ONLINE. Não deixe de seguir. Sua visita e comentários mantem o blog vivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...