segunda-feira, 2 de maio de 2011

Thor - Resenha

Mesmo com a dificuldade de se adaptar personagens das HQs para as telonas, com a direção de Kenneth Branagh, o filme Thor (2011) é a prova de que a Marvel Studios acertou na mão mais uma vez. Depois do estrondoso sucesso de Homem de Ferro (2008) e até mesmo do mediano O Incrível Hulk (2008), a Marvel Studios já tinha mostrado que quando assumiu a frente das produções de seus personagens já estava preparada pra lidar com a pressão da legião de fãs e com os milhões de dolares necessários para produzir filmes de qualidade.



Baseado no personagem da mitologia nórdica, Thor é mais uma das criações de Stan Lee e como não podia deixar de ser, é uma grande apresentação dos personagens e de todo o seu universo. Mas não se enganem, Branagh consegue agradar os fãs e até mesmo os civis (público geral). Isso pq o diretor usa de forma inteligente todos os elementos do universo de Thor, como a rivalidade entre os reinos de Asgard e Jotunheim, lar dos gigantes do gelo, o que garante as melhores cenas de ação do filme. Os conflitos entre Thor e seu meio-irmão Loki tb estão lá, rendendo boas cenas e até mesmo toques de humor recheiam o filme.



Tudo parece funcionar bem, com fotografia soberba, principalmente nas tomadas de Asgard, efeitos especiais bem feitos e figurinos perfeitos, sem cairem na armadilha de se tornarem carnavalescos. O elenco também faz bonito, com destaques para Anthony Hopkins no papel de Odin, Chris Hemsworth como o deus do trovão e Tom Hiddleston, com a excepcional atuação de Loki, o deus da mentira. Apesar da minha querida Natalie Portman estar no filme no papel da cientista humana Jane Foster, personagem que tem um papel fundamental no desenrolar da trama, a capacidade de atuação de Natalie é pouco exigida.



A história consegue trilhar bem o rumo dos quadrinhos, tomadas algumas liberdades para melhor adaptar o filme ao público em geral , o que não atrapalha em nada, uma vez que existe também a necessidade de preparar terreno para o futuro filme dos Vingadores, no qual reunirá todos os personagens apresentados pela Marvel studios nos últimos filmes, como Thor, Homem de Ferro, Hulk e Capitão América.

Uma pena que os personagens de Lady Sif (Jaimie Alexander), Hogun (Tadanobu Asano), Fandral (Josh Dallas) e Volstagg (Ray Stevenson), muito bem retratados por sinal, acabaram tendo pouco espaço. Esperava mais. Tem tb uma participação não creditada, quase que relâmpago, de Clint Barton, o Gavião Arqueiro, interpretado por Jeremy Renner.



Só pra constar...a utilização do recurso 3-D é praticamente inútil e fora algumas cenas de Asgard, seria totalmente dispensável. Pelo valor que cobram pelo ingresso , recomendo assistir no formato normal mesmo, sem mencionar que os óculos são um incomodo. Bom, é isso. Valeu a pena esperar por essa estréia do Thor nas telonas. Mais que Recomendado.



PS: Como já é de costume nos filmes da Marvel, no final dos créditos de Thor, existe uma cena extra que mostra Nick Fury de posse do Cubo Cósmico e já indica o que esta por vir no filme "Os Vingadores".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar do RODZ ONLINE. Não deixe de seguir. Sua visita e comentários mantem o blog vivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...