domingo, 28 de agosto de 2011

UFC RIO - 27 de agosto de 2011

Eu não podia deixar passar em branco a sensacional noite de ontem, 27 de agosto, com o fantástico UFC RIO, que marcou a volta do Ultimate Fighting Championship ao Brasil após a distante edição em São Paulo, em 1998. Todo mundo já deve saber dos resultados (caso alguém ainda não saiba, só ver mais abaixo) mas queria destacar aqui a supremacia brazuca no evento. Das 12 lutas, 8 foram de brasileiros contra estrangeiros, e o placar foi 7 a 1 para o Brasil. Apenas o lutador Luiz Cane não conseguiu ganhar, apesar de estar fazendo uma boa apresentação até ser nocauteado.

Anderson Silva fez o que todo mundo já sabia que iria acontecer... deu show e massacrou o japa. Já Shogun me surpreendeu. Não que eu não acreditasse em sua vitória, mas simplesmente por massacrar o gringo Forrest Griffin ainda no primeiro round. Esperava que a luta fosse até o último em um duelo duro. Já minha grande alegria da noite foi a vitória da lenda, Rodrigo Minotauro. Depois de 18 meses ausente do octogon e de três cirurgias, Minotauro levantou a torcida que lotou a Arena da Barra ao não tomar conhecimento do americano Brendan Schaub, partir pra cima e vencer por nocaute uma das mais lutas mais aguardadas do UFC Rio. A vitória do baiano ainda rendeu o prêmio de melhor KO da noite. Brendan Schaub explorou sua velocidade e chegou a acertar alguns socos que balançaram o brasileiro, mas com a resistência habitual, Minotauro continuou indo pra cima e com dois diretos de esquerda e direita, fez o americano beijar a lona, obrigando o árbitro Herb Dean a encerrar a luta, declarando vitória por nocaute. Magistral!!!





Card principal

Anderson Silva venceu Yushin Okami por nocaute técnico (2m04s do round 2)
Mauricio Shogun venceu Forrest Griffin por nocaute (1m53s do round 1)
Edson Barboza venceu Ross Pearson na decisão dividida dos juízes
Rodrigo Minotauro venceu Brendan Schaub por nocaute (3m09s do round 1)
Stanislav Nedkov venceu Luiz "Banha" por nocaute técnico (4m20s do round 1)


Card preliminar

Thiago Tavares venceu Spencer Fisher por nocaute técnico (2m51s do round 2)
Rousimar "Toquinho" venceu Dan Miller na decisão unânime dos juízes
Paulo Thiago venceu David Mitchell na decisão unânime dos juízes
Raphael Assunção venceu Johnny Eduardo na decision unânime dos juízes
Erick Silva venceu Luis Ramos por nocaute técnico (40 segundos do round 1)
Yuri "Marajó" venceu Felipe Sertanejo na decisão unânime dos árbitros
Yves Jabouin venceu Ian Loveland na decisão dividida dos juízes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar do RODZ ONLINE. Não deixe de seguir. Sua visita e comentários mantem o blog vivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...