quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Kiss - Relembrando Eric Carr

Em 24/11/1991, faleceu Eric Carr, baterista do Kiss, aos 41 anos de idade, em decorrência de complicações causadas por câncer no coração e nos pulmões. Em maio de 1980, Eric participou das audições para a escolha do novo baterista do Kiss e desbancou mais de 2.000 candidatos. Seu último show foi no Madison Square Garden em 9 de novembro de 1990. Em abril de 1991, durante as gravações do album "Revenge", Eric descobriu que sofria de um tipo raro de câncer no coração, tendo sido operado no mesmo mês. Contudo, o câncer não regrediu, e tomou o coração de Eric, que entrou em coma pouco antes de morrer, em 24 de novembro de 1991, mesmo dia da morte de Freddie Mercury (Queen).



O KISSonline.com publicou a seguinte mensagem:

Há 20 anos, nosso amigo Eric Carr faleceu, após perder sua batalha contra o câncer. Nos onze anos em que esteve no KISS, ele fez mais de 800 shows para milhões de fãs ao redor do mundo. Trouxe alegria e tocou as vidas de muitas pessoas. Aqui estão alguns pensamentos e lembranças que gostaríamos de compartilhar.

Paul Stanley: Em uma época de dúvidas e tumultos na banda, Eric trouxe calma e otimismo, recuperando o foco de nossas prioridades. Com isso, pudemos seguir em frente. Não posso explicar em palavras sua contribuição para nosso renascimento. Sua dedicação à música só era comparada à dedicação aos fãs. Era uma bela alma que jamais diria uma palavra ruim sobre qualquer um. Penso nele o tempo inteiro.

Eric Singer: Eric Carr foi um amável membro do KISS por onze anos. Seu estilo de tocar era poderoso. Seu amor e devoção pelos fãs permanece no coração de muitos até hoje.

Tommy Thayer: Eric Carr era um amigo e pessoa especial. Sempre era amigável e tinha algo gentil a dizer. Lembro de quando a banda estava mixando Hot In The Shade, em 1989, no Cherokke Studios, em Los Angeles. Todos estavam dando seus palpites sobre guitarra e baixo. Lembro de ter perguntando ao engenheiro onde estava a bateria. No fim da noite, ele me chamou em um canto e agradeceu por ter mencionado.

Gene Simmons: Nunca conheci ninguém mais humilde em minha vida. Eric Carr era uma alma gentil que nunca disse nada de ruim sobre ninguém. Também era uma ameaça dupla na bateria e vocais. Sinto sua falta.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar do RODZ ONLINE. Não deixe de seguir. Sua visita e comentários mantem o blog vivo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...