sexta-feira, 29 de julho de 2011

Os Vingadores - Fotos do Teaser

Pra quem ainda não tinha visto, tá aí algumas imagens do teaser dos vingadores...
Aguardando ansiosamente pelo filme!!!










terça-feira, 26 de julho de 2011

Canal do Rodz Online no Youtube

Visitem o canal do Rodz Online no youtube clicando no logo abaixo.
Lá vocês encontraram um grande acervo com vídeos raros e de alta qualidade das melhores bandas de Rock.

sábado, 23 de julho de 2011

Tyketto - Circo Voador, Rio de Janeiro - 26/04/2008


Continuando a falar sobre o Tyketto, vamos lembrar como foi o show da banda no Rio de Janeiro... Com menos de um ano de diferença da primeira edição do Festival Hard in Rio, que em novembro de 2007 tinha trazido o Firehouse e Ted Poley (Danger Danger), o Circo Voador novamente foi palco do festival. Na sua segunda edição, os shows ficaram por conta das bandas House of Lords, Tyketto e White Lion. A data era 26 de abril de 2008. Era a primeira vez que as três bandas se apresentavam no país, isso depois de mais de vinte anos de estrada.

No fim dos anos 80 e início dos anos 90, as bandas que se apresentariam estavam surgindo e começando a fazer sucesso, e a existência das mesmas ainda na estrada depois de tanto tempo só nos prova que o som delas não se perdeu no tempo. Com o início dos shows marcado para às 22:00hs, o Tyketto só deu as caras pouco depois de 1h da manhã. Mesmo com o horário avançado, Danny Vaughn (vocal), Jim Kennedy (baixo), Brooke St. James (guitarra) e Michael Clayton (bateria) incendiaram o público do Circo Voador. Com a tenda do circo bem mais cheia que no show do House of Lords, que abriu a noite, o Tyketto empolgou os fãs em quase duas horas de apresentação e foi considerado o melhor show do festival.



A banda tocou o album "Don't Come Easy" na íntegra e ainda mandou clássicos do segundo album, "Strength In Numbers". O terceiro album, "Shine", sabiamente foi deixado de lado. O Tyketto fechou o show com chave de ouro, com Danny vestindo uma camisa da seleção brasileira e a banda mandando um de seus maiores sucessos, a clássica "Forever Young".



Para assistir o show completa com alta qualidade, cliquem no link e confiram meu canal no youtube na lista de reprodução do Tyketto.

Visitem e curtam também minha página do Tyketto no Facebook.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Tyketto


Muita gente não conhece e nem mesmo ouviu falar do Tyketto. Pois chegou a hora do Rodz Online dar uma força a essa excelente banda formada em Nova York e considerada pelos fãs do Hard rock como uma das mais injustiçadas bandas do gênero. Assim como outros nomes de qualidade do Hard Rock, a banda foi mais uma vítima do mercado fonográfico que enterrou o estilo no início dos anos 90, dando espaço ao grunge. Formado em 1987 pelo vocalista Danny Vaughn que já havia cantado no Waysted, banda do baixista Pete Way do UFO, o Tyketto batalhou durante três anos até conseguir um contrato com a Geffen Records em 1990, que na época, investia pesado em bandas de Hard Rock.

Danny Vaughn convocou o guitarrista Brooke St. James, o baixista Jim Kennedy e o baterista Michael Clayton e juntos gravaram o debut da banda, o magistral "Don't Come Easy", que pra infelicidade do Tyketto, só chegou às prateleiras em 1991, quando o Nirvana com o album "Nevermind" e o Pearl Jam com "Ten" já ditavam a nova tendência musical e dominavam o Rock mainstream. Mesmo com o single "Forever Young" rolando e conquistando uma certa notoriedade nas paradas especializadas, o Tyketto não conseguiu o destaque merecido.



Mas como bem sabemos aqui no Brasil (tendo em vista as inúmeras bandas de axé e pagode), sucesso nem sempre é sinônimo de qualidade e mesmo sem o sucesso merecido, "Don't Come Easy" é definitivamente um dos melhores albuns de Hard Rock da história. Infelizmente o album não teve a recepção esperada pela gravadora e a banda acabou sendo demitida. Antes disso, a banda sofreu uma baixa. A saída de Jimi Kennedy - substituído por Jaimie Scott. Somente em 1994 a banda soltou o segundo álbum "Strength In Numbers", musicalmente estraordinário, que já estava pronto desde 1992 mas por conta do rompimento com a Geffen, levou 2 anos pra ver a luz do dia e acabou saindo pela CMC Internacional (divisão da Sanctuary Records) quase sem repercussão.

Definitivamente os dois primeiros albuns do Tyketto, "Don't Come Easy" e "Strength In Numbers", fazem parte da lista de injustiçados do Rock, principalmente do Hard Rock, pois alcançaram um sucesso bem limitado mesmo com a incansável legião de fãs que o grupo conquistou. A grande baixa na formação veio no ano seguinte, quando o vocalista Danny Vaughn abandonou o barco para tomar conta de sua esposa que estava com câncer. Para o lugar de Danny, veio Steve Augeri, responsável pelos vocais de "Shine", terceiro registro da banda lançado ainda em 1995 pela CMC Internacional nos Estados Unidos e pela Music For Nations no resto do mundo - mesma iniciativa que apostou no Tyketto quando foram demitidos da Geffen.



Particularmente o "Shine" não é um dos meus albuns preferidos, já que as diferenças são grandes entre ele e os outros dois trabalhos. O album não tem tanto peso e o vocal de Steve, embora competente, é mais voltado para o AOR, fugindo das características de Danny, mais voltado para o Hard melódico e que acabou criando a identidade do Tyketto. A verdade é que com a entrada de Steve a mudança no estilo era meio que previsível, no entanto, não foi bem recebida. As vendas de "Shine" foram pífias e acabou colocando a banda em crise, culminando com seu desmanche em 1996.

Antes de se separarem, o Tyketto lançou o album "Take Out & Served Up Live" que serviu como uma despedida, pois é na verdade uma coletânea de demos, raridades e faixas ao vivo. Nas sete primeiras faixas, temos os vocais de Danny Vaughn. No restante, Steve Augeri faz os vocais das oito faixas gravadas em Londres. Mas "Take Out & Served Up Live" não foi o fim definitivo do Tyketto, já que em 2004 e 2007 (com a formação original) a banda se reuniu para uma série de shows. Os caras vieram em 2008 para o Rio de Janeiro e tocaram no Circo Voador mas eu estranhamente não tomei conhecimento do show na época. My Bad.

Gostou do Tyketto? Dá uma força no facebook e curta a comunidade da banda: http://www.facebook.com/home.php#!/pages/Tyketto/138313192912527



Da esq. p/ dir.: Jaimie Scott, Michael Clayton, Danny Vaughn, Brooke St. James.



Discografia:

Don't Come Easy (1991)
Strength in Numbers (1994)
Shine (1995)
Take Out & Served Up Live (1996)
The Last Sunset - Farewell 2007 (2007)








segunda-feira, 18 de julho de 2011

Capitão América - Cena pós-créditos caiu na rede!


Finalmente vai chegar as telonas (22/07 nos EUA e 29/07 aqui no Brasil) o filme do último grande herói da Marvel que faltava para completar o time dos Vingadores, Capitão América!!! No último fim de semana foram feitas as primeiras exibições de Capitão América - O Primeiro Vingador na terra do tio Sam. Aquelas exibições para vips, críticos etc. O site ComingSoon relatou uma descrição completa da cena pós-créditos e eu vou transcrevê-la mais abaixo aqui pra vcs!!!

O vídeo caiu na rede, obviamente em baixa qualidade, já que foi gravado no cinema, mesmo assim, já dá pra ver relances dos novos uniformes do Thor e do Capita. Eu já assisti e estou disponibilizando o video para os leitores do Rodz Online, mas corram pra assistir antes que retirem do ar!!!

(Atualização - Quem viu viu, a marvel já retirou os links em 19/07/2011)



Quem não curte spoilers é melhor parar por aqui....


depois não digam que eu não avisei....

Lá vai:

Na verdade a esperada cena pós-créditos é um trailer teaser de Os Vingadores. É um vídeo de cerca de um minuto onde é possível ver todos os Vingadores, exceto o Hulk, com todos trajando novos uniformes, inclusive Gavião Arqueiro e Viúva Negra, e o suposto vilão, o Loki.

O vídeo começa com Steve Rogers em uma academia vazia descarregando o stress em um saco de areia até que desfere um soco tão forte que acaba partindo a corrente e o saco de pancadas atravessa a parede. Nick Fury chega no recinto e diz algo do tipo: "se preparando para o inimigo?" e Steve responde: "Já faz um tempo que não nos vemos..."

A partir daí, o que temos são cenas rápidas de Tony Stark e Steve Rogers. Loki sendo levado preso com "algemas" da SHIELD. Na sequência, Thor com novo uniforme,
sem mangas, no estilo do universo Ultimate, em frente a uma mesa da SHIELD.

Antes do fim do teaser, diversas cenas de ação numa rapidez alucinante, mostrando cada um dos personagens. O Homem de Ferro parece usar a armadura Mark 7 e se prepara para utilizar os raios repulsores, o Capitão está em um campo de batalha, Viúva Negra dando uns saltos mortais e atirando dardos e Gavião Arqueiro atirando suas flechas enquanto Thor está no meio de relâmpagos e Bruce Banner aparece tirando seus óculos.

Agora é esperar mais 2 semaninhas pra assistir mais um show da Marvel!!!!

domingo, 17 de julho de 2011

20 Músicas para se Ouvir no Ipod - Ozzy Ozbourne

Dando sequência a série "20 músicas para se ouvir no Ipod", sempre com 20 músicas escolhidas pra quem não conhece muito das bandas em destaque e quer fazer um apanhado com as faixas mais populares e grandes hits e singles de cada uma.

Seguem 20 músicas do príncipe das trevas: Ozzy Osbourne



1-I Don't Know (Blizzard of Ozz)
2-Mr. Crowley (Blizzard of Ozz)
3-Crazy Train (Blizzard of Ozz)
4-Suicide Solution (Blizzard of Ozz)
5-Over The Mountain (Diary of a Madman)
6-You Can't Kill Rock N' Roll (Diary of a Madman)
7-Flying High Again (Diary of a Madman)
8-Bark at the Moon (Bark at the Moon)
9-Shot in the Dark (The Ultimate Sin)
10-The Ultimate Sin (The Ultimate Sin)
11-Secret Loser (The Ultimate Sin)
12-Miracle Man (No Rest for the Wicked)
13-No More Tears (No More Tears)
14-Mama I'm Coming Home (No More Tears)
15-Road to Nowhere (No More Tears)
16-Desire (No More Tears)
17-I Don't Want To Change The World (No More Tears)
18-Perry Mason (Ozzmosis)
19-I Don't Wanna Stop (Black Rain)
20-Let Me Hear You Scream (Scream)






quinta-feira, 14 de julho de 2011

Mötley Crüe - Visitando a destilaria da Jack Daniel's


Como eu raramente falo do Mötley Crüe aqui no Rodz Online, resolvi escrever esse post rapidinho só pra registrar mais um dos inúmeros momentos históricos da banda. No dia 3 de julho, Tommy Lee, Mick Mars, Vince Neil e Nikki Sixx se encontravam na cidade de Nashville, no estado do Tennessee [EUA], e tiveram uma excelente idéia para matar o tempo, e de quebra, para celebrar os 10 anos de sobriedade do baixista Nikki Sixx: visitar a destilaria da JACK DANIEL’S, o whiskey mais tradicional das Américas.


O Crüe embarcou em um helicóptero e rumou 35 quilômetros de Nashville até Lynchburg, onde se encontra a fábrica da Jack Daniel’s para uma pequena tour. Um comitê de relações públicas da empresa recebeu a banda que fez o percurso turístico que a fábrica oferece a todos que agendam visitas antecipadas. Nos anos 80, os integrantes do Crüe certamente devem ter sido responsáveis por 5% do faturamento bruto da empresa. Como hoje em dia apenas o vocalista Vince Neil é consumidor de álcool, a média deve ter caído para algo em torno de 3%.

Os membros do Crüe se divertiram na visita e no twitter:

"200 litros de abundância prazerosa" (Tommy Lee)

"Decolando com o helicóptero com o Crüe. Indo pra destilaria da Jack Daniel’s. Eles não nos deixariam entrar em 1984." (Nikki Sixx)

"Sóbrio por 10 anos, o Mötley Crüe está matando na turnê e o SIXX: A.M. tem uma música no primeiro lugar das paradas… mijando sorrisos…" (Nikki Sixx)


* Não esqueçam de me dar uma moral e "curtir" o Rodz Online no Facebook (clique no "curtir")

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Dia Mundial do Rock 2011

Hoje é dia 13 de julho, Dia Mundial do Rock N' Roll!!!!!!!!!!!

Muito mais do que um simples estilo musical, o Rock foi eternizado, em 13 de Julho de 1985, um dia marcado pela atitude, pela força de expressão e vontade de mudar o mundo. Tudo quando Bob Geldof, criador do Live Aid, um dos festivais de rock mais emblemáticos de todos os tempos, reuniu os mais famosos e importantes artistas da época, que se engajaram em um ideal comum: O fim da fome na Etiópia. Desse dia em diante, o dia 13 de julho ficou conhecido como o dia mundial do rock.

Realizado simultaneamente nos EUA e na Inglaterra, graças a iniciativa do Live Aid que arrecadou mais de 60 milhões de dólares que foram doados em prol dos famintos na África, os olhos do mundo passaram a dar mais importância a um dos maiores problemas da humanidade, a miséria e a fome.

Participaram do Live Aid grandes nomes como Black Sabbath (com Ozzy), Status Quo, INXS, Loudness, Mick Jagger, David Bowie, Dire Straits, Queen, Judas Priest, Bob Dylan, Duran Duran, Santana, The Who e Phil Collins entre muitos outros.

Em homenagem ao DIA MUNDIAL DO ROCK, o Rodz Online preparou mais uma trilha sonora especial. Long Live Rock N' Roll!!!

E não esqueçam de me dar uma moral e "curtir" o Rodz Online no Facebook (clique no "curtir")










segunda-feira, 11 de julho de 2011

Mr. Big - HSBC Brasil, São Paulo, 09/07/11

Depois de anos de espera, o Mr. Big retornou em grande estilo! Formado em 1988, a banda ganhou fama vendendo mais de 50 milhões de cópias em todo mundo graças aos sucessos do hit 'To Be With You' e da regravação de 'Wild World' do cantor folk americano Cat Stevens. Em 2003 a banda pendurou as chuteiras e em 2009 voltou a ativa.

O Mr. Big já tinha passado pelo Brasil nos idos de 1994 no M2000 Festival, em Santos, no litoral paulista, mas finalmente os caras saciaram os fãs brasileiro, sedentos por mais um show da banda. Com a formação clássica: Eric Martin (vocal), Paul Gilbert (guitarra), Billy Sheehan (baixo) e Pat Torpey (bateria), os paulistas foram agraciados na noite do último sábado (9), no HSBC Brasil, com uma apresentação cheia de energia e muitos sucessos.

Pontualmente às 23h o Mr. Big iniciou seu set, que aliás, foi o mesmo mostrado no show anterior em Buenos Aires e que intercalou os clássicos com músicas do último album “What If...”. Quem já conferiu os DVDs da banda pode comprovar que os caras esbanjam técnica, carisma e se divertem junto com o público. Entrando de sola com a paulada 'Daddy, Brother, Lover, Little Boy', Paul Gilbert e Billy Sheehan já ditaram o ritmo da noite. Eric Martin, mesmo com 51 anos de idade, demonstrou que o gogó ainda está no ponto e Pat Torpey tb não ficou atrás com sua técnica apurada nas baquetas.



Os hits foram se sucedendo como o novo single 'Undertow' e as consagradas 'Alive and Kicking', 'Take Cover', 'Just Take My Heart', 'Road to Ruin', 'Price You Gotta Pay' e 'Addicted to that Rush' que encerrou a primeira parte do show. No bis, o clássico 'To Be With You', responsável por consagrar a banda mundialmente mas que certamente não reflete o estilo e a qualidade musical do Mr. Big. Ainda sobrou tempo pro show de hard rock virtuoso com 'Colorado Bulldog'.



Pra fechar com chave de ouro, a banda se deu ao luxo de fazer uma troca de instrumentos para a execução de 'Smoke on the Water' com Paul Gilbert na batera, Eric Martin assumindo a guitarra, Pat Torpey no baixo e Billy Sheehan fazendo os vocais. Pra finalizar a festa, 'Shy Boy', música do Talas, primeira banda de Billy Sheehan, encerrando o show. É verdade que o hit 'Wild World' ficou de fora mas os fãs pareceram não se incomodar depois de duas horas recheadas de clássicos e com um set list quase perfeito.

Set List:
1.Daddy, Brother, Lover, Little Boy
2.Green-Tinted Sixties Mind
3.Undertow
4.Alive And Kickin'
5.American Beauty
6.Take Cover
7.Just Take My Heart
8.Once Upon a Time
9.A Little Too Loose
10.Road To Ruin
11.Merciless
12.Guitar Solo
13.Still Ain't Enough for Me
14.Price You Gotta Pay
15.Take A Walk
16.Around the World
17.As Far as I Can See
18.Bass Solo
19.Addicted To That Rush
Bis:
20.To Be With You
21.Colorado Bulldog
22.Smoke on the Water (DEEP PURPLE)
23.Shy Boy (TALAS)















domingo, 10 de julho de 2011

Mötley Crüe - Show no Whiskey a Go Go em 1989


Na longínqua data de 5 de Outubro de 1989, o Mötley Crüe fez um pequeno show de aquecimento para a turnê do album ‘Dr. Feelgood’ na famosa casa de shows de Los Angeles, WHISKEY A GO GO. A banda tocou sob o singelo pseudônimo de ‘The Foreskins’ (Os prepúcios) e foi a primeira vez desde os primórdios do grupo que o Crüe se apresentava novamente no Whiskey.

Aliás, as imagens do vídeo oficial de ‘Kickstart My Heart’ foram filmadas nesse show, assim como as fotos do tour book da turnê de ‘Dr. Feelgood’. A banda chegou em grande estilo, numa ambulância vintage (aquela do início do vídeo de ‘Kickstart My Heart’), pilotada pelo finado comediante Sam Kinison.


Os vídeos abaixo, filmados em VHS, são uma cortesia do colecionador e usuário do YouTube – RATTMASTER86 , e mostram a potência do Mötley Crüe naquele saudoso show.

Divirtam-se:









sexta-feira, 8 de julho de 2011

Firehouse - Full Circle

16 albuns de ouro e platina ao redor do globo, mais de 7 Milhões de albuns vendidos, 2 músicas nas paradas da Billboard Hot 100 Top 5 Hits, 4 músicas nas paradas da Billboard Hot 100 Top 25 Hits, 7 músicas nas paradas da Billboard Hot 100 Hits e Vencedor do American Music Award Best New Hard Rock Heavy Metal Band 1991, desbancando as bandas Nirvana e Alice in Chains, sucessos da época. Esse é o invejável currículo da banda de Hard Rock, Firehouse. Infelizmente a banda passou os últimos 10 anos no ostracismo e seu último lançamento data de 2003, com o excelente album "Prime Time" que obviamente, por não se enquadrar no estilo musical da moda, não foi bem comercialmente.

Assim como a maioria das bandas de Hard Rock oitentistas, o Firehouse passou a última década tocando em pequenos clubes e festivais, fazendo shows calcados nos seus velhos hits com a mesma energia dos anos dourados do Hard Rock e agradando aos fãs que tiveram a oportunidade de conferir a banda ao vivo (eu, inclusive!). Bom negócio para banda e fãs. Para celebrar os 20 anos de estrada, CJ. Snare (vocais), Bill Leverty (guitarra), Michael Foster (bateria) e Allen McKenzie (baixo) nos brindam com um greatest hits intitulado Full Circle. Mas não é uma coletânea qualquer, e sim regravações dos clássicos da banda.



Conforme pudemos comprovar na passagem da banda pelo Brasil em 2007, o Firehouse tem uma excelente performance ao vivo e o album, apesar de ser um registro de estúdio, transmite bem o sentimento da banda no palco. O album tem muita energia e as regravações mantem o espírito das originais com os visíveis retoques tecnológicos da modernidade.

Mesmo que os agudos não sejam mais os mesmos de 20 anos atrás, CJ Snare continua dando conta do recado e cantando muito, uma vez que o Firehouse manteve os tons originais de todas as faixas e o vocalista é bem exigido. Bill Leverty esbanja a técnica de sempre e a cozinha com Michael Foster e McKenzie se mostra a melhor que a formação original. Mesmo sendo um revival, Full Circle é divertido e vale a pena não só para os fãs da banda mas para os amantes do gênero. Os anos 90 se foram mas o Firehouse manteve a chama do Hard Rock viva. Tomara que o nome do album não seja um indicativo que a banda vai pendurar as chuteiras.


01. Overnight Sensation
02. Shake and Tumble
03. Hold the Dream
04. All She Wrote
05. Love of a Lifetime
06. Don't Treat Me Bad
07. Reach for the Sky
08. When I Look Into Your Eyes
09. You Are My Religion
10. I Live My Life for You
11. Christmas With You

Bill Leverty - Guitarra
C.J. Snare - Vocal
Michael Foster - Bateria
Allen McKenzie - Baixo

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Big Four - "Die, Die My Darling" na Jam Final


Ontem (quarta-feira, 06/07), foi dia do BIG FOUR (Metallica, Slayer, Megadeth e Anthrax) dar as caras em Milão, Itália, no Fiera Open Air Arena. E para a já famosa jam session final entre as bandas, a novidade ficou por conta da música escolhida, dessa vez foi o clássico do MISFITS, ‘Die, Die My Darling’, que faz parte do album de covers do METALLICA, ‘Garage, Inc.’ de 1998. Confiram abaixo mais esse momento histórico do metal mundial:


quarta-feira, 6 de julho de 2011

Anthrax - Video Completo de Show na Suécia

O guitarrista do Anthrax, o excêntrico Scott Ian, se tornou papai recentemente, e para aproveitar melhor os primeiros dias de vida do pimpolho, convidou ninguém menos que o guitarrista do Sepultura, o brasileiro Andreas Kisser para substitui-lo em alguns shows da tour européia do Big Four. Confiram abaixo a apresentação completa do Anthrax em Gotemburgo, na Suécia, no dia 03/07/2011, em show exibido pela televisão sueca.





terça-feira, 5 de julho de 2011

Megadeth - Public Enemy no.1

Tudo mundo já deve ter ouvido mas como o Megadeth é uma das minhas bandas favoritas, não podia deixar de registrar aqui...

No show de ontem, em Hamburgo, na Alemanha, parte da tour européia do Big Four, o Megadeth resolveu fazer uma surpresa aos fãs e tocou uma música nova, "Public Enemy no.1", que estará no próximo album da banda, ainda sem data definida de lançamento e também ainda sem nome. Em tempo, o Megadeth é uma das atrações do SWU 2011, que rola em novembro, no interior de São Paulo. Sem mais delongas, assistam ao vídeo:

domingo, 3 de julho de 2011

20 Músicas para se Ouvir no Ipod - Ratt

Dando sequência a série "20 músicas para se ouvir no Ipod", sempre com 20 músicas escolhidas pra quem não conhece muito das bandas em destaque e quer fazer um apanhado com as faixas mais populares e grandes hits e singles de cada uma.

Seguem 20 músicas do clássico glam californiano: Ratt
























1 - Sweet Cheater (Ratt EP)
2 - You Think You're Tough (Ratt EP)
3 - Nobody Rides For Free (Ratt & Roll 81-91)
4 - Wanted Man (Out Of The Cellar)
5 - Round And Round (Out Of The Cellar)
6 - Lack Of Communication (Out Of The Cellar)
7 - Back For More (Out Of The Cellar)
8 - Dangerous But Worth The Risk (Invasion Of Your Privacy)
9 - Lay It Down
10 - You're In Love (Invasion Of Your Privacy)
11 - Dance (Dancing Undercover)
12 - Body Talk (Dancing Undercover)
13 - Slip Of The Lip (Dancing Undercover)
14 - City To City (Reach For The Sky)
15 - I Want A Woman (Reach For The Sky)
16 - Way Cool Jr (Reach For The Sky)
17 - Loving You is a Dirty Job (Detonator)
18 - Over the Edge (Ratt)
19 - Best Of Me (Infestation)
20 - Eat Me Up Alive (Infestation) (Invasion Of Your Privacy)





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...