terça-feira, 6 de junho de 2017

Houston

Eu nunca tinha imaginado conhecer o famoso estado do Texas mas acabei tendo a oportunidade quando visitei a cidade de Houston em um pit stop pelos Estados Unidos. O estado do Texas já pertenceu ao México e obteve sua independência em 1836, tornando-se uma república. Antes disso, porém, nesse mesmo ano, uma rebelião em Álamo foi extinguida pelos mexicanos, que mataram todos os norte-americanos participantes desta rebelião, com exceção de algumas mulheres, crianças e escravos. Os mortos em Álamo tornaram-se heróis no Texas e nos Estados Unidos. Nove anos depois, o Texas se tornou um estado norte-americano, sendo admitido como o vigésimo oitavo estado da União em 29 de dezembro de 1845. É o segundo maior estado em área e em população dos Estados Unidos.

Toyota Center

O aeroporto intercontinental George Bush serve de conexão para vários destinos dentro dos Estados Unidos mas se você vai dar uma volta por Houston antes, vamos a algumas pequenas dicas. A cidade é gigantesca; com várias auto-estradas e viadutos, com poucos táxis e o transporte público não é muito prático para cobrir grandes distâncias. Ou seja, você vai precisar de um carro. A boa notícia é que todas as locadoras de veículos têm agências no aeroporto George Bush (IAH). Ônibus levam passageiros de todos os terminais ao anexo onde ficam as locadoras. Você pode alugar um carro e dirigir nos Estados Unidos com a CNH brasileira e um cartão de crédito internacional. O aluguel do carro e o combustível são baratos. Se você já estiver com um chip telefônico com internet funcionando o GPS é dispensável.

Aeroporto intercontinental George Bush

Eu só passei um único dia em Houston, aluguei um carro, dei umas voltas porém não cheguei a ficar hospedado em nenhum lugar mas os hóteis mais procurados estão no centro, também chamado de Downtown ou no Uptown, área  também conhecida por Galleria, e que igualmente é o nome de um dos shoppings mais badalados de Houston. Se você vai passar três dias ou mais, a dica é adquirir o City Pass, que é válido por 9 dias consecutivos a partir da data que você utilizar o primeiro ingresso do talão. Outra vantagem é que você não precisa ficar em fila porque já tem todos os ingressos a mão. O City Pass acaba abrangendo a maior parte das principais atrações turísticas, como o Museum District (19 museus e instituições culturais concentrados em um só bairro, com destaque para o Houston Museum of Natural Science), o Space Center Houston, centro espacial da NASA que controlou as missões para a Lua, e que hoje controla as missões da Estação Espacial Internacional, o parque de diversões Kemah Boardwalk e o Downtown Aquarium


Space Center Houston

Não chega a ser como Nova York mas Houston também tem o Theatre District. São 9 organizações residentes (de ópera, ballet, teatro, música) que se apresentam em 4 teatros: Jones Hall, Wortham Theater Center, Alley Theatre e Hobby Center for the Performing Arts. Lá você tem a chance de assistir a musicais da Broadway e do West End de Londres que estão em turnê. Pra quem deseja fazer compras, a dica é o shopping The Galleria, com mais de 220 mil metros quadrados de lojas, entre elas, Gucci, Prada, Apple Store, Aéropostale, Macy’s, Chanel e Louis Vuitton. O shopping conta ainda com um rinque de patinação no gelo.

The Galleria


O Houston Rockets, time de basquete bi-campeão da NBA, joga no Toyota Center, de outubro a abril todos os anos. Se você estiver passando por lá nesse período recomendo que tente conseguir um ingresso e assista a um jogo da NBA ao vivo. É uma experiência fantástica que tive o privilégio de viver, não em Houston mas em Miami. Ironicamente eu conheci o Toyota Center por conta de um evento da WWE, que também recomendo pra quem curte. É muito divertido.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar do RODZ ONLINE. Não deixe de seguir.